O que é Umrah? A peregrinação islâmica explicou

O local mais antigo e sagrado do Islão, Meca, localizado na província Hijaz ocidental da Arábia Saudita, é um local importante para muçulmanos em todo o mundo.

É aqui que se acredita que o Alcorão, o livro sagrado do Islão, tenha sido revelado ao Profeta Maomé.

Coronavírus: Arábia Saudita proíbe toda a peregrinação Umrah a Meca

Leia mais ”

As Arábia Saudita emite uma proibição temporária de peregrinações Umrah às cidades sagradas de Meca e Medina para os cidadãos sauditas e residentes do reino devido a preocupações com o coronavírus, Middle East Eye explica o que é a peregrinação menos conhecida.

O que é Umrah?

Umrah é o nome dado a uma peregrinação a Meca, uma versão mais curta do encontro anual Hajj. A palavra “Umrah” em árabe significa “visitar um lugar povoado”.

Umrah oferece uma oportunidade para os muçulmanos refrescarem sua fé, buscarem perdão e orarem por suas necessidades. Diz-se que quem o realiza é limpo de seus pecados.

Quais são as principais diferenças entre Umrah e Hajj?

Umrah é voluntário, mas Hajj é obrigatório para aqueles que estão fisicamente bem e podem pagá-lo.

Hajj é um dos cinco pilares do Islã, e os muçulmanos que são capazes de realizá-lo pelo menos uma vez em sua vida.

Milhões de muçulmanos viajam ao local mais sagrado do Islã, o Masjid al-Haraam de Meca, para realizar o Umrah a cada ano (Amer Hilabi/AFP)

>

Umrah pode ser realizado durante todo o ano, mas o Hajj é realizado apenas em um momento específico, entre os dias 8 e 13 de Dhul Hijah, o último mês do calendário lunar islâmico.

Umrah é quase um “arranjo rápido” espiritual e pode ser concluído em menos de duas horas, dependendo de quão ocupado ele esteja. Hajj é uma experiência mais intensa durante vários dias.

Hajj é um dos maiores encontros anuais de pessoas do mundo, com mais de dois milhões de peregrinos vindos de cerca de 188 países a cada ano. Umrah, que é conhecida como a peregrinação “menor”, pode ser realizada por vários milhões de peregrinos a cada ano, muito provavelmente por ser mais barata e rápida de completar.

O ponto focal de ambas as peregrinações é o Kaaba, a estrutura de caixa preta localizada no grande complexo de mesquitas de Meca, conhecido como Masjid al-Haraam. É também na direção do Kaaba que os muçulmanos enfrentam quando oferecem suas cinco orações diárias, onde quer que estejam no mundo.

Both Umrah e Hajj compartilham o mesmo conjunto de atos devocionais centrais, embora haja um conjunto mais extenso de rituais esperados durante o Hajj.

Como os peregrinos podem viajar para Umrah?

Os adoradores de fora da Arábia Saudita geralmente viajam de avião e precisam solicitar um visto Umrah especial que é válido por um mês. Eles também devem ter uma vacinação contra meningite, juntamente com a documentação certa para comprová-lo.

Viajantes de países vizinhos podem cruzar as fronteiras de carro, mas também precisarão de um visto.

Para sauditas e aqueles que já vivem e trabalham dentro do país, nenhuma documentação especial é necessária.

Muçulmanos de qualquer idade podem fazer Umrah e Hajj, e não há restrições sobre quantas vezes alguém pode fazer a viagem em sua vida.

Mas mulheres com menos de 45 anos devem ser acompanhadas por um mahram, membro da família masculina ou parente, acima de 17 anos de idade. Mulheres acima de 45 anos podem viajar com grupos turísticos, sem a necessidade de um mahram.

Cercer o complexo Masjid al-Haraam são uma variedade de hotéis – desde estabelecimentos de baixo custo até estabelecimentos sete estrelas.

Para aqueles que ficam mais longe, a maioria dos hotéis oferece um serviço gratuito de ônibus para o local sagrado, antecipando a chegada dos peregrinos.

Pilgueiros completam o tawaaf, circulação em torno do Kaaba, enquanto fazem súplicas a Deus (Nadda Osman/MEE)

>

Quando os peregrinos podem ir no Umrah?

Pode ser realizado em qualquer época do ano, com exceção dos cinco dias em que Hajj acontece.

Muitos peregrinos vão durante o mês santo do Ramadão, ou nos dois meses lunares islâmicos que o precedem, Rajab e Sha’ban, que também são considerados sagrados.

Os muçulmanos acreditam que há maior misericórdia e aceitação das orações durante estes meses santos, quando há também uma maior recompensa por actos de adoração.

Há alguma regra durante Umrah?

Um peregrino tem que estar num estado de Ihraam, que deriva da palavra árabe harama, que significa proibido.

O nome reflecte a crença de que os peregrinos, durante Umrah (e Hajj) precisam de entrar num estado espiritual de perfeição quase humana. Não pode haver brigas, maldições ou linguagem grosseira. Nenhum animal pode ser prejudicado – mesmo a morte de um inseto quebrará o estado de Ihrah e anulará Umrah.

Os peregrinos não podem cortar, raspar ou arrancar nenhum pêlo, cortar as unhas, usar maquiagem ou perfume ou usar qualquer produto adicional. Fazer qualquer um desses produtos invalidaria o Ihraam de acordo com a jurisprudência islâmica.

O próximo passo é recitar sua intenção de ir no Umrah em voz alta. Isto é normalmente feito quando um indivíduo chega ao Meeqat (pontos de entrada para Meca marcando o início da observação do Ihraam). Os peregrinos então oferecem uma oração e devem seguir as regras acima até completar sua peregrinação.

O que as pessoas vestem durante o Umrah?

Ihraam também dita o que os peregrinos vestem. Ele simboliza a igualdade de toda a humanidade perante Deus. Significa que nenhum gênero, nacionalidade ou status pode tornar uma pessoa superior a outra.
Para os homens, são duas folhas de pano branco sem costura, uma cobrindo a metade inferior do corpo amarrada ao redor da cintura, e a outra é drapeada ao redor da metade superior do corpo e ombros. Nenhuma roupa de baixo ou roupa adicional é usada com o Ihraam.

Para calçado, os homens usam sandálias e devem manter a cabeça descoberta.

As mulheres podem usar qualquer peça de vestuário longa e solta que seja simplesmente desenhada. Muitas optam por uma abaya preta lisa – um vestido solto de manga comprida que cobre todo o corpo – e um simples hijab, ou cobertura de cabeça. O rosto não pode ser coberto.

Musulmanos adoradores vestidos no seu Ihraam. Os homens cobrem seus corpos com dois pedaços de pano branco sem costura; as mulheres podem usar uma abaya solta (Karim Sahib/AFP)

>

Como você executa Umrah?

(i) Recite suas intenções: Enquanto caminham em direcção à Kaaba, os peregrinos seguem a prática do Profeta Maomé do Islão, e recitam o Talbiya, anunciando a sua chegada e afirmando a unicidade de Deus.

Labbayka llāhumma labbayk(a), labbayka lā sharīka laka labbayk(a), inna l-ḥamda wa n-ni’mata, laka wa l-mulk(a), lā sharīka lak.

(Tradução: Ao Teu serviço, Alá, ao Teu serviço. Ao Teu serviço, não tens parceiro, ao Teu serviço. Verdadeiramente todo elogio, favor e soberania é Teu. Você não tem parceiro.)

Upon entrando em Masjid al-Haraam, o mosque-complexo que abriga o Kaaba, os peregrinos entram com o pé direito e fazem uma súplica, pedindo a Deus a sua misericórdia e perdão.

(ii) Tomar tawaaf: Os peregrinos rodeiam o Kaaba sete vezes em sentido contrário ao dos ponteiros do relógio em oração profunda. Começa no ponto oriental da Kaaba onde se encontra a Pedra Negra, que se diz remontar ao tempo de Adão e Eva, e é altamente reverenciada pelos muçulmanos.

Tawaf pode levar 20 minutos quando a mesquita não está ocupada, mas muito mais quando está, e os peregrinos podem ter que circular ao redor dos andares superiores da varanda do Haraam.

O propósito é mostrar devoção a Deus e demonstrar a unidade entre os adoradores.

(iii) Orar: Peregrinos oram e recitam versos do Alcorão no Maqam Ibrahim – O Lugar de Abraão – a poucos metros de distância da Kaaba. Eles então vão a um ponto de água para beber zamzam, considerado água benta.

Pilgrims andam entre o Monte Safa e o Monte Marwa, vestidos com suas roupas Ihraam simples (Mustafa Ozer/ AFP)

(iv) Sa’ii:

Só a alguns minutos a pé do Kaaba estão o Monte Safa e o Monte Marwa, onde os muçulmanos recitam orações caminhando entre as duas montanhas, sete vezes. A distância total percorrida é de duas milhas e o tempo que leva para completar depende da habilidade e aptidão do peregrino.

O ato de sa’ii honra a história do Alcorão de Haajar, a esposa do Profeta Ibrahim (ou Abraão da Bíblia), que se diz ter vagado incansavelmente entre as montanhas de Safa e Marwa em busca de água para seu filho Ismail (Ismael), em um deserto estéril.

Como Hajjar corria entre os cumes das montanhas, acreditam os muçulmanos, o Anjo Gabriel bateu no chão e água benta veio jorrando, salvando a vida do bebê. Os peregrinos ainda hoje bebem deste mesmo poço de água.

A seguir a conclusão do sa’ii, os peregrinos oferecem então uma oração final.

A água de Samzam pode ser encontrada em todo o Masjid al-Haraam, permitindo aos peregrinos saciar a sua sede e usá-la para fazer súplicas a Deus (MEE/Nadda Osman)

(v) Taqsir: Muitos peregrinos masculinos passam então por taqsir, que é conhecido como o encurtamento do cabelo, numa das muitas barbearias que rodeiam a área de Masjid al-Haraam.

>

Comportar a cabeça é considerado como simbolizando o renascimento e a conclusão da sua peregrinação. As mulheres peregrinas cortam uma pequena quantidade de cabelo, igual ao comprimento de uma ponta de um dedo.

Este ponto marca o fim do Umrah e os peregrinos não são mais obrigados a aderir ao regulamento do Umrah.

Peregrinos machos têm a cabeça rapada após a conclusão do Umrah (Fethi Belaid/AFP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.