Passar um violoncelo ou uma prancha de surf num avião? A American Airlines acaba de cortar suas taxas

Efetivo imediatamente, a American Airlines não cobrará mais $150 aos passageiros para verificar equipamentos esportivos como bicicletas ou pranchas de surf, ou instrumentos musicais como um violoncelo. Tais itens, que antes eram considerados bagagem de tamanho excessivo, agora serão cobertos pela taxa regular de US$ 30 pela bagagem despachada, desde que o item pese menos de 50 libras. E no inverno, ou se você estiver indo para o Hemisfério Sul, os esquiadores poderão incluir seus esquis e uma mala de equipamento como um único item se o peso estiver abaixo desse limite.

“O americano facilitou a viagem de músicos e atletas com seu equipamento, eliminando certas taxas que antes eram impostas ao equipamento com excesso de tamanho”, disse Ross Feinstein, porta-voz da companhia aérea, em um comunicado. As mudanças foram baseadas no feedback de clientes e funcionários.

American continuará a cobrar uma taxa de $150 por certos itens de especialidade, como tanques de mergulho e chifres, que têm requisitos de manuseio diferentes.

American não vai afetar uma grande parte de seus viajantes, e é improvável que seja um sinal de uma mudança maior, pelo menos ainda não. As companhias aéreas ainda dependem muito das taxas como forma de arrecadar receitas, mantendo os preços dos bilhetes mais baixos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.