Qual é a melhor abertura?

Qual √© a melhor abertura? Voc√™ pode se surpreender com o qu√£o comum esta pergunta √©. Para responder de forma mais simples, tal como o seu professor do jardim de inf√Ęncia disse de si e dos seus colegas, “cada um de voc√™s √© especial e √ļnico √† sua maneira”, e o mesmo se aplica √† abertura.

O que é a Abertura?

Primeiro, vamos ver o que é a Abertura. A definição geral de abertura é uma abertura, buraco ou abertura.

Espec√≠fica para a sua c√Ęmera, abertura √© a abertura do diafragma da lente, que permite a passagem da luz para o seu filme ou sensor.

A própria fotografia é definida como a arte ou processo de produção de imagens pela ação da energia radiante, e especialmente a luz em uma superfície sensível (como filme ou um sensor óptico).

Pode dizer que a fotografia é o processo de captura da luz, e a abertura é uma das suas ferramentas essenciais que lhe permite controlar e até manipular a forma como o faz.

A regra geral da abertura √© que quanto maior a abertura (que √© o tamanho da abertura do diafragma na lente), mais luz se absorve. Em rela√ß√£o, quanto menor for a abertura, menos luz se absorve. Essa abertura √© medida em “f/stops”. Voc√™ ver√° frequentemente coisas como f1.2 ou f11, etc. Pode parecer um pouco contradit√≥rio, mas quanto menor o n√ļmero, mais luz a c√Ęmara absorve. Pense nisso como “pequeno n√ļmero = grande abertura”.

lower f/stop = mais luz

Agora, antes de dizer, “GRANDE! D√™-me esse f1.2”, voc√™ tem que saber que voc√™ est√° fazendo uma troca. A terceira lei de Newton ainda se aplica √† fotografia, e a cada a√ß√£o que voc√™ faz, algo mais abaixo. No caso da abertura, estamos a fazer trocas com a profundidade do campo. Quanto mais baixo o f/stop, mais rasa a profundidade de campo.

mais baixo f/stop = mais rasa D.O.F.

Aqui está um exemplo simples de comparação:

f1.2 vs f16

Estas duas imagens foram tiradas com a mesma lente, usando tanto a sua abertura mais aberta (f1.2) como a sua abertura mais fechada. (f16)

A profundidade de campo na imagem da esquerda (f1.2) é tão rasa que apenas os pontos focais mais imediatos retêm qualquer nitidez. f1.2 é suficientemente baixo para que se você pegasse um retrato de perto naquela abertura e acidentalmente focasse nos cílios em vez do olho do sujeito, a imagem ficaria fora de foco. Confie em mim. Eu já o fiz. O lado positivo é que você permite muita luz!

Em compara√ß√£o, a imagem tirada em f16 tem detalhes em abund√Ęncia. Podias facilmente contar as veias das folhas. Al√©m disso, voc√™ pode ver o detalhe de todas as folhas, e isso porque quanto mais fechada a abertura (especialmente f8 a f16 e mais al√©m), maior √© a profundidade do seu campo. Este detalhe tem um pre√ßo, e o pagamento exigido √© a exposi√ß√£o.

Veja as configura√ß√Ķes de cada disparo abaixo.

Em cada disparo, a ISO foi inalterada e deixada como uma constante, sendo as √ļnicas vari√°veis as configura√ß√Ķes de abertura (f/paradas) e a velocidade do obturador.

Na primeira imagem, em f1.2, permiti em muita luz, e para uma exposição equilibrada, ainda tinha minha velocidade de obturação em 1/1000s! A essa velocidade, você pode fotografar de mão o dia todo e parar a maioria dos movimentos que quiser! Mas é melhor ter a certeza que consegue focar no ponto, dada a pouca profundidade de campo de f1.2!

50mm a f1.2

A segunda imagem, a f16, bloqueou muita da luz. Para fotografar nessa abertura e ainda obter luz suficiente para uma exposi√ß√£o adequada, tive de reduzir a velocidade do obturador at√© 1/8s! Eu n√£o me importo se voc√™ √© um Chevrolet, voc√™ n√£o √© s√≥lido o suficiente para segurar uma c√Ęmera √† m√£o e ainda assim obter foco n√≠tido em 1/8s. Esta imagem teve de ser montada num trip√©.

50mm a f16

Ent√£o, Qual a melhor abertura?

Então, eis o que se resume a perguntar qual a melhor abertura. A melhor é a que você precisa naquele momento. Se você está filmando um casamento e o sol simplesmente caiu do nada, ainda é esperado que você tenha a chance de fotografar. Aquele f1.2, com ou sem profundidade de campo, acabou de salvar a sua pele!

Alternativamente, se estiver no deserto do Utah, e com o objectivo de capturar todos os pequenos detalhes espectaculares numa fotografia de paisagem de grande √Ęngulo, liberte o trip√© e feche aquele cachorro! √Č o que voc√™ precisa!

Even, estas n√£o s√£o regras dif√≠ceis e r√°pidas. Assim que se sentir confort√°vel com a utiliza√ß√£o da abertura em m√ļltiplas configura√ß√Ķes, aprender√° que esta pode ser uma das suas maiores escolhas art√≠sticas e contribuir realmente para a voz da sua imagem e composi√ß√£o.

Por enquanto, pratique e experimente tudo o que puder. Eu tenho fotografado h√° muito tempo, e ainda pratico, jogo e experimento. Eu gosto de pensar nas coisas em constantes e vari√°veis. “E se eu fotografar o dia todo em f16? Eu posso mudar qualquer outra coisa desde que fique em f16.” Ficarias surpreendido com o que vem de coisas como essa. Esses tipos de experimentos e brincadeiras s√£o as mesmas coisas que me impulsionaram no meu conhecimento e compreens√£o deste maravilhoso meio, assim como no meu estilo art√≠stico e voz.

Feliz filmagem, amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.